quinta-feira, 18 de julho de 2013

Máquina de papinha

Desde de que meu marido ouviu falar em uma máquina de papinhas que faz a comida do bebê em vinte minutos sem sujar nenhuma panela, tenho pensado muito nas escolhas que fiz aqui em casa!

Há algum tempo damos preferência ao pão caseiro, produtos orgânicos e alimentos integrais. Desde que nós nos casamos só comprei caldo de galinha industrializado uma vez (para fazer coxinha), não usamos nenhum tempero pronto... Mentira, usamos sim! o tempero da vovó Zenilde que é completamente natural feito com cebola, alho, salsinha, cebolinha, pimenta e sal, é uma delícia!

Hoje almoçamos uma sopa de Capeletti sem nenhum aditivo químico, que começou a ser preparado ontem a noite por causa do caldo de galinha...


Amacei os ovos e a farinha (tudo orgânico)*, deixei descansar, preparei o recheio (espinafre, amêndoas e queijo de cabra, que ganhei de presente do meu pai), abri a massa e montei os capelettis, como tenho a máquina de abrir macarrão hoje faço isso rapidinho. O pior foi acordar 1:30 da manhã para colocar o caldo do frango na geladeira, pois tinha que deixar esfriar antes de ser guardado.

Nada paga o delicioso e nutritivo almoço que tivemos nesse lindo dia de inverno! Só sentimos falta dos meninos andando pela casa (sempre que faço bolo o Luiz fala isso: "Está faltando os meninos"

Não me importo com o trabalho se ele tem um bônus, como a nossa saúde. Então fico pensando se essa máquina de papinhas vale a pena!!! Para o meu marido, é claro que vale... Quanto menos tempo eu gastar na cozinha (sem ser para fazer coisas para ele) melhor, mas será que uma sopa feita em 20 minutos vai ser boa??? Nutritiva???  Nem a sopa de panela de pressão tem ibope aqui em casa. Faço sopas no estilo da minha tia Lili (refogando muito bem os legumes e só quando eles já estiverem dando aguinha coloco o caldo). Nem me lembro de quando fiz a minha primeira sopa, mas me lembro que precisava de ajuda para ligar o fogão!

Não quero simplesmente ter trabalhos desnecessários, quero apenas oferecer o melhor alimento que puder ao meu baby!!!

Para não ter muito trabalho já estou até pesquisando sobre ter que lavar a roupa dele (ou dela) à mão!!! Acho que seria um suplício. Vou ter que arrumar um argumento muito convincente para não lavar à máquina, até agora não vi nada que me fizesse ir para o tanque.

Como vocês podem ver, um bebê que ainda não existe tem alegrado a nossa casa... Na verdade acho que ele já existe sim e já está a caminho!

Quem souber algo bom ou ruim sobre a máquina de papinhas estou buscando informações, e sobre a lavar a roupa do recém nascido na máquina de lavar roupas também!

* Sempre ouvi falar muito sobre os alimentos orgânicos, mas foi acompanhando o Blog da Ana Elisa que fiz a substituição aqui em casa.

P.S. o caldo de galinha é uma receita adaptada do livro Panelinha - Rita Lobo, a massa é do livro Fundamentos da cozinha italiana - Marcella Hazan e o recheio foi sugestão do meu marido.

13 comentários:

  1. Thati, não sei se essa máquima de papinha que vc diz é a que eu estou pensando. Aqui nos EUA tem algumas (Beaba é uma delas; depois olha se é essa). Essas máquinas são boas sim, mas a papinha não chega aos pés das que fazemos no bom e velho fogão. Elas ficam nutritivas na máquina, pq elas basicamente usam vapor para cozinhar os alimentos com pouca água. Fazem papinhas de frutas usando a casca. É muito legal pra quem não tem tempo algum pra fazer papinhas ou simplesmente não tem dom algum pra cozinha. As sopas ficam prontas rapidinho e nutritivas. O porém é: o que deixa sopa saborosa é alho, cebola e legume refogados; o que a máquina não faz.
    Por esse motivo, nunca quis comprar essa máquina. Prefiro ir pra cozinha e fazer uma sopa saborosa com muitos legumes, folhas e temperos diferentes pra alegrar a vida do meu pequeno. Coincidência ou não, ele nunca deu trabalho pra almoçar e jantar. Além do mais, rejeita papinha pronta de todas a s formas.
    O que tenho feito ultimamente pra facilitar minha vida é preparar saquinhos com legumes picadinhos prontos pra cozinhar. Compro vários legumes diferentes (uns 8/9), lavo, descasco e pico em cubos. Em cada saquinho (ziplock) coloco todos os tipos de legumes, salsinha e cebolinha. Faço uns 8 saquinho e congelo. Cada saquinho faz papinha pra 2 dias. No dia de fazer a papinha, faço uma carne e deixo dar caldo, cozinhando bastante. Enquanto a carne cozinha, refogo os legumes de um saquinho em um fio de azeite, cebola, alho e alho poro. Quando a carne estiver cozida, coloco os legumes refogados e deixo cozinhar mais uns minutos. A sopa fica divina, embora eu saiba que muitos nutrientes dos legumes se percam no congelamento. Infelizmente, não é sempre que dá pra descascar tantos legumes e fazer uma sopa fresquinha. Fiz isso por quase um ano, mas tive que pensar em algo que facilitasse mais a vida. Tem dado certo e percebo que o sabor não altera mesmo.
    Quanto a lavar a roupa do bebê à mão, eu estaria perdida, já aqui tanque é artigo de luxo. Lavo na máquina com sabão líquido próprio de bebê, pra evitar alergia, e sem misturar com as outras roupas da casa. Mas já te aviso: roupas fabricadas no Brasil (pelo menos a maioria), não são feitas pra máquinas de lavar roupa nem secadora. A maioria fica destruída. As roupas daqui são feitas par aguentar o batente. Vc lava na máquina, usa a secadora, e a roupa continua intacta pro próximo filho. Costumo chamar os paninhos de boca que ganhei daí de mulambinhos de boca. Vc não acredita no horror que ficaram!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por essas e outras ($$$$$) vou fazer o enxoval aí! Amei as dicas da papinha, só uma pergunta, você congela os legumes crus? Já perguntei para uma nutricionista que tem um blog que eu amo http://www.acozinhadehg.com.br/ se o valor nutricional do alimento congelado é o mesmo! Depois posto aqui, porque é impossível fazer caldo a cada 03 dias...
      Beijos e depois quero dicas para o enxoval

      Excluir
    2. A Heide respondeu sobre o alimento congelado!
      Beijos
      http://www.acozinhadehg.com.br/2013/07/bolo-com-farofa-ou-cuca-de-malandro.html

      Excluir
  2. Oiii...
    passei pelo seu blog e estou te seguindo...
    Sou nova aqui no seu blog...♥Parabêns pelo blog♥

    Sou uma tentante, serva do senhor...e em busca do meu segundo sonho...Um filho!!

    se puder , visita meu blog..e me segue ( já estou seguindo o seu)

    Uma futura mamãe...
    http://escolhidospordeus1505.blogspot.com.br/

    Nosso Sonhado Castelo - Apê
    http://nossosonhocastelo.blogspot.com.br/

    Querido Diário
    http://meumundocorderosa15.blogspot.com.br/

    bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Vou passar pelo seu blog agora. Beijos

      Excluir
  3. Thati estou adorando seu blog.
    escrevo agora somente para trazer uma informacao legal.
    voce fez sua primeira sopinha aos 10 anos.
    foi uma sopa simples de massinha de letrinha, lembra, era a sua preferida.
    fico aqui, na torcida da noticia do BB.
    beijos e boa sorte.
    mae

    ResponderExcluir
  4. ah, vamos ilustrar esse comentario.
    eu cheghuei da copasa bem cançada e voce pediu sopa de letrinha, e eu ja na cama disse, " ai Thati, hoje nao "
    e voce perguntou, " posso fazer ?"
    dai acho que nunca mais voce parou de cozinhar.
    bj, mae

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi mãe, eu perguntei se podia fazer porque ei já tinha feito antes... foi em bocaiuva, naquela trágica viagem, quando a vovó Nenzinha morreu.
      Beijos e obrigada por acompanhar o blog e por ter facilitado a minha vida na cozinha e nas leituras... Deve ser por isso que sou rata de livro e de fogão!

      Excluir
  5. Oi, sister!
    Como tenho acompanhado o Blog por e-mail, não costumo deixar meu comentário, mas passei pra deixar um beijão e dizer que pra mim, que estou à distancia, o blog é uma outra forma de acompanhar esse momento seu e do Luis na preparação para a chegada do meu sobrinho (ou sobrinha).
    Não tenho muito a dizer sobre as tais maquinas de papinhas, mas tenho a impressão que elas são não apenas praticas, mas super saudáveis para os bebes. Isso porque imagino que elas funcionem como aqueles liquidificadores que fazem a "sopa viva". Esquentam, mas não fervem e mantém melhor os nutrientes dos alimentos.
    Mas vamos ver a opinião de quem sabe ou pesquisou sobre o assunto, pois em tudo que fazemos na vida, nada melhor do que se informar! Por isso acho seu blog HIPER útil!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, sister!
    Como tenho acompanhado o Blog por e-mail, não costumo deixar meu comentário, mas passei pra deixar um beijão e dizer que pra mim, que estou à distancia, o blog é uma outra forma de acompanhar esse momento seu e do Luis na preparação para a chegada do meu sobrinho (ou sobrinha).
    Não tenho muito a dizer sobre as tais maquinas de papinhas, mas tenho a impressão que elas são não apenas praticas, mas super saudáveis para os bebes. Isso porque imagino que elas funcionem como aqueles liquidificadores que fazem a "sopa viva". Esquentam, mas não fervem e mantém melhor os nutrientes dos alimentos.
    Mas vamos ver a opinião de quem sabe ou pesquisou sobre o assunto, pois em tudo que fazemos na vida, nada melhor do que se informar! Por isso acho seu blog HIPER útil!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sister,
      Que bom que você tem acompanhado!!! Na verdade, os médicos não recomendam mais o alimento batido no liquidificador e sim amassado com o garfo... Mas ainda vou continuar com a minha pesquisa, afinal de contas, o Luiz quer por que quer comprar a máquina de papinhas! E se a sopa ficar mais saudável nela, excelente!
      Beijos e obrigada pelo elogio

      Excluir
  7. Thati, quando estava em SP, dois meses atrás, tive uma conversa deliciosa com alguém sobre a vida começar com uma pulsação no útero. Sabe... a gente vai sentindo ela chegar, vc logo vai sentir, se Deus quiser. Sobre as papinhas, essa fase passa tão rápido e é tão legal fazer no fogão mesmo... acho a panela sem futuro. Acabei de comprar uma crock pot e semana que vem ela deve chegar. Deve ser ótima para papinhas e não vira peça de museu depois. Te conto como se comporta quando for testada. E eu tb não fiz papinhas para Levi e Clara. Achava bobeira. Dei legumes (um a um) feitos no vapor, no máximo com um fio de azeite. Esmagava com o garfo, como vc mesma mencionou. Aproveitava batatas e outros legumes de cozidos, oferecia frutas aos pedaços para serem seguradas por eles mesmos. Foi tão, tão tranquilo, que nem vi passar. Nunca fiz uma papinha especial... mentira! Eu amava cozinhar pedacinhos de maçã e carregar na bolsa para eles beliscarem. No mais, volto a publicar essa semana. Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, você acredita que já sinto meu corpo se preparando? Você tem razão quanto a passar rápido e para nós (amantes do fogão) é como a realização de um sonho alimentar e preparar o alimento dos pequenos!!! Gostei muito da ideia de cozinhar pedaços de maça, deve ser uma delícia... Volte a escrever sim, amo os seus textos.
      Beijos e muito obrigada pelo carinho

      Excluir